• Milena Pontes

FLESH AND BONE A nova série da Starz que promete “arrancar os band-aids do mundo do ballet "

Atualizado: 1 de Jul de 2018


Com estréia revista para 08 de Novembro e dez episódios estão confirmados para a primeira temporada, o produtor executivo Moira Walley-Beckett afirma que esta será a primeira vez que uma produção mostrará a verdade sobre uma companhia profissional: 

“Eu penso que todos esse filmes feitos até hoje serviram apenas para alimentar a ilusão etérea e glamurosa do que é o ballet. Nós vamos arrancar os band-aids e mostrar as feridas.” 

 O fato de optarem ter apenas bailarinos e não necessariamente atores que pudessem dançar no elenco, torna a expectativa muito maior. Ainda mais quando entre os personagens principais está uma étoile do Ballet de Kiev e hoje bailarina principal do ABT Irina Dvorovenko.


"Foi uma pesquisa internacional que durou 7 meses, um verdadeiro calvário" - descreve um dos diretores. "Encontramos alguns bailarinos notáveis, mas nada que fosse o que esperávamos para Claire a personagem principal. Até que chegamos a uma companhia na Alemanha."

A trama gira em torno da personagem Claire interpretada pela bailarina Sarah Hay, solista do Ballet Semperoper em Dresdem, na Alemanha. Anteriormente Sarah integrou o Pennsylvania Ballet e fez uma pequena participação no filme Cisne Negro em que era parte do corpo de baile. 

  Sarah concorda com a visão abordada na série: “Uma grande parte do que já foi feito em torno desse tema, ou ficou na superfície ou mergulhou profundamente no drama. Flesh and Bone tem realidade em sua plenitude! Tudo o que eu retrato durante as filmagens já aconteceu comigo, seja na dança ou no meu cotidiano. Completamente autêntico e sem frescura.






Conheça cada um dos protagonistas:

Claire por Sarah Hay


É profundamente ferida emocionalmente, mas uma bailarina transcendente. Tendo escapado de um passado abussivo, ela abriga tendências auto-destrutivas e é atormentada por uma contenção sexual. Seu tormento interior irá leva-la  a caminhos imprevisíveis em uma jornada de auto-descoberta sem bússola.


Paul Grayson por Ben Daniels.

 É um bipolar Diretor Artístico bissexual da Companhia American Ballet, que vê Claire como a chave para o sucesso. Um ex aclamado bailarino, ele acredita ser um grande mestre para os jovens talentos, e em troca de seus ensinamentos exige uma devoção absoluta de seus dançarinos, em uma relação não muito saudável. 


Mia por Emily Tyra


 Nativa de New Jersey, tem transtorno alimentar e propensão a sexo casual. Ela também é companheira de quarto de Claire. Desesperada para avançar em sua posição na companhia, Mia descobre-se enfrentando um grande desafio em sua vida, e esta totalmente despreparada para lidar com isso. 


Kiira por Irina Dvorovenko


É a prima-ballerina da companhia sendo extremamente competidora.  Imigrante da Ucrânia, Kiira nasceu e foi criada para superar qualquer adversidade. A maior estrela reinante da empresa de Paul e sua musa de longa data, ela agora está com medo de estar velha demais para a cobiçada posição de primeira bailarina.


Romeo por Damon Herriman



 Um sujeito sem-teto que vivem sob o edifício de Claire. Ele é um guardião dedicado, mas tem sua própria maneira de olhar o mundo. Esquizofrênico, ele vê sinais e presságios em tudo ... Incluindo a chegada de Claire, que se encaixa perfeitamente no contexto do livro que ele está escrevendo.


Bryan Robbins por Josh Helman

Depois de ter sido forçado por seu pai a se alistar e servir no Afeganistão, Bryan está focado em voltar para casa e para Claire, mas é consumido por confusão no que diz respeito a esta amada irmã da qual acha que não pode viver sem.


Daphne por Raychel Diane Weiner

Muito confiante é descrita como uma "criança selvagem" que vive por suas próprias regras. Um produto do dinheiro antigo de New York, Daphne agora quer que o seu dinheiro não pode comprar: excelência artística. 


Ross por Sascha Radetsky

Bailarino principal da companhia, ele a muito tempo partner de Kiira e seu ex-amante, apesar de ainda ser completamente apaixonado por ela. Ross usa seu chame e talento para conseguir o que quer, mas eventualmente encontra-se bem preso a Paul.


Trey por Karell Williams

Trey é gay e senti muito orgulho disso. Ele é mal-intencionado e engraçado e pode sair com as bailarinas como uma melhor amiga, mas também é muito próximo de Ross e alimenta ambições impiedosas, e estão sempre com o olhar atento as oportunidades. 



Assim que eu assistir, volto aqui para atualizar!! E você? Já assistiu? Conta pra gente! 

145 visualizações

Ballet também é o seu assunto favorito?

 

 Inscreva-se para receber as novidades. 

© 2015 Tutu4Love| Ballet e Ponto.