Ballet Movies

Atualizado: 5 de jul. de 2020


"Apreciação é uma coisa maravilhosa: faz com que o que é excelente nos outros também nos pertença". - Voltaire.

Abaixo uma lista de filmes e documentários sobre o nosso assunto favorito!



Bolshoi Babylon | ver o trailler| onde assistir: youtube


O Bolshoi. Símbolo da Rússia, um tesouro nacional e uma das instituições mais famosas do mundo. No entanto, o teatro esteve nas manchetes por todos os motivos errados: intrigas, ataques pessoais e mudanças na administração criaram manchetes horríveis.

Agora, pela primeira vez, os diretores de teatro permitiram que o processo nos bastidores fosse documentado.

Com um acesso incomparável nos bastidores, o filme homenageia os extraordinários talentos artísticos e atléticos dos dançarinos, seu medo permanente de lesões e a implacável ambição necessária para sobreviver na companhia de balé mais famosa do mundo.


Maria Meló e o Método Cecchetti: a maestria na arte de ensinar balé.| onde assistir: youtube


Maria Meló (1911 -1993) chegou ao Brasil nos anos 50 e trouxe consigo a metodologia de ensino de seu maestro, Enrico Cecchetti (1850-1928), com quem estudou no Scalla de Milão. Este documentário, realizado pelo Núcleo de Improvisação com o apoio do MUD – Museu da Dança, é antes de tudo uma homenagem a grande mestra de balé D. Maria Meló. Busca tornar público informações sobre ela e sua metodologia de ensino, referência para muitos artistas da dança paulistana e brasileira. A partir de depoimentos de personalidades da dança sobre suas experiências de estudo e aprendizagem com D. Maria, o documentário procura compartilhar de forma efetiva um conhecimento importante para o entendimento da história da dança no Brasil, que ainda se preserva graças à transmissão oral.



Corpo de Baile.| onde assistir: youtube


Este é o primeiro documentário sobre os 80 anos de história da dança no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Dezesseis primeiros bailarinos de várias gerações relatam a paixão pela arte de dançar na maior companhia brasileira de balé. Os bastidores, histórias pessoais, conquistas, dores e alegrias são sentimentos que vão se revelando ao longo do filme. Produção e realização: NIS (Núcleo de Imagem e Som) da UNIRIO – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. 2018. Foto de Capa: Julia Rónai. O Lago dos Cisnes / TMRJ


The King who invented ballet. | onde assistir: youtube

Apresentado por David Bintley, coreógrafo e diretor do Birmingham Royal Ballet, o documentário mostra como Louis incentivou a evolução inicial do ballet - de uma performance dominada por homens exclusiva à corte real a uma forma de arte profissional para o público, apresentando as primeiras bailarinas femininas . O filme também analisa o contexto social da dança durante o reinado de Luís XIV, onde os ballets eram usados como propaganda e poder dançar era uma habilidade essencial que qualquer nobre precisava ter.


Além de sequências de dança barroca especialmente gravadas e recriações inovadoras da música do século XVII, Bintley também cria um novo e emocionante ballet de um ato inspirado por Louis XIV. Dançado por 15 membros do Birmingham Royal Ballet, The King Dances apresenta uma trilha original do compositor Stephen Montague, e teve sua estréia mundial na televisão logo após o documentário.



Isadora, a história da bailarina que transformou o mundo da dança. ver o trailler | onde assistir: DVD


Isadora Duncan é conhecida por escrever um novo capítulo na história criando a dança moderna no início do século XX, com sua dança livre que chocava a sociedade conservadora da sua época com elementos da dança grega.

O filme é uma cinebiografia inspirada nos livros My Life de 1927 - ano de sua morte, e Isadora, an intimate portrait de 1928 sobre conversas com o autor Sewell Stokes de quem ela era amiga. Materiais em video com a Isadora Duncan real é quase inexistente, portanto não é possível saber quanto é preciso o retrato que Vanessa Redgrave faz dela, mas sem dúvidas é um filme que alimenta e inspira a alma de muitos bailarinos.


Pacarrete | ver o trailler | onde assistir: aguardando novas datas de exibição


A protagonista de mesmo nome do filme interpretada por Marcelia Cartaxo, é uma professora de dança aposentada que mora com a irmã e a empregada doméstica. Rigorosa e ranzinza, seu grande sonho é dançar um ballet para a população local durante a grande festa da cidade que está prestes a acontecer. Para isso, ela manda confeccionar um novo figurino ao mesmo tempo em que tenta convencer a prefeitura da idéia do espetáculo.

Entretanto, a falta de interesse da população em geral por espetáculos do tipo logo se torna um grande oponente para a realização do seu sonho motivado pela saudade dos palcos de sua juventude.


Dancers ou Emoções| ver o trailler | onde assistir: youtube Apple TV


Um filme com Mikhail Baryshnikov e Julie Kent com certeza merece ser assistido independente do roteiro.

Esse título tem mais de trinta anos, é de 1987 e a história gira em torno da criação de uma produção cinematográfica do ballet Giselle, enquanto um romance acontece paralelamente.




O grande passo | ver o trailler| onde assistir: Netflix


O que torna esse filme mais especial é o fato de ser baseado em uma vitoriosa história real. A primeira produção sobre o tema foi um documentário apresentado em 2015.

Nishu e Asif tem suas vidas transformadas quando são descobertos por Saul, um grisalho professor de ballet israelo-americano, em uma academia de dança modesta de Mumbai.


Saul os encoraja em uma jornada difícil, mas muito recompensadora, rumo ao domínio de uma forma de dança que para eles é totalmente estranha. Eles rompem as barreiras da sociedade e as pressões familiares para se tornarem os primeiros bailarinos do sexo masculino da Índia.


Yuli | ver o trailler| onde assistir: em espera


O filme sobre uma das estrelas do Royal Ballet, o cubano Carlos Acosta e vai na contramão de muitas histórias que contam a trajetória de um homem no ballet.

Apesar dos esforços constantes do seu pai para que ele tente uma carreira na área da dança, ele não quer ser bailarino!


O garoto é então forçado a ter aulas com um professor empenhado em fazer dele um grande artista, com toda a pressão Yuli se desenvolve na dança e começa a fazer história!


Force of Nature | ver o trailler| onde assistir: em espera


Não haveria nome melhor para um documentário sobre Natalia Osipova. Em um ano de ensaios, desde a produção do Royal Ballet de La Bayadere (com a lendária Natalia Makarova) à dança contemporânea no Sadler's Wells e trabalhos dos coreógrafos Arthur Pita e Sidi Larbi Cherkaoui. Além de Cisne Negro que embora ao lado de sua icônica Giselle, é um de seus papéis mais famosos.

Natalia fala sobre sua vida e história, sua infância na Rússia, seu tempo com o American Ballet Theatre e sua jornada à Opera House. Das salas de ensaio do Covent Garden ao arquivo pessoal, é uma oportunidade única de se aproximar e ter um pouco da visão da alquimia peculiar que faz de Osipova uma artista tão magnética.


O Corvo branco | ver o trailler| onde assistir: Google Play ou Youtube pago


Biografia do lendário bailarino russo Rudolf Nureyev, conhecido por quebrar grandes barreiras no mundo do ballet e de ter ajudado a transformar o papel do homem da dança. Um ótimo filme para assistir inclusive com quem não entende muito de ballet, tem uma fotografia linda e grandes interpretações.

O recorte da vida de Nureyev nos dá uma idéia do lugar de onde veio, e do ambiente que o cercava pré deserção.



Polina | ver o trailler| onde assistir: Youtube *sem legenda em português.


Na Rússia, uma bailarina clássica de futuro está prestes a fazer parte do prestigioso do Bolshoi. Mas fica fascinada após um espetáculo de dança contemporânea, então resolve largar tudo para trabalhar na França com a talentosa coreógrafa Liria Elsaj. As seqüências de dança contemporânea são lindamente montadas. E mais um ponto é que a coreógrafa francesa Angelin Preljocaj é co-diretora do filme.


Sapatinhos Vermelhos | ver o trailler| onde assistir: DVD


Em 1948 o ballet estava se firmando popularmente na Inglaterra, e foi nesse clima que Michael Powell e Emeric Pressburger criaram “Os Sapatinhos Vermelhos”, o primeiro filme de ballet a ser um campeão de bilheteria, ficando entre os dez filmes mais vistos naquele ano na Grã-Bretanha. A protagonista era Moira Shearer, colega (e rival) de Margot Fonteyn, e a presença de Leonide Massine no casting também merece destaque.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O enredo fala de uma jovem e bela bailarina inglesa que sacrifica o amor e a vida pelo ballet. Além de tudo isso, um outro fator encantador é a estética e fotografia desse filme.

Powell um dos cineastas explicou mais tarde: “Durante a guerra disseram-nos para ir morrer pela liberdade e democracia. Depois da guerra “Os sapatinhos vermelhos” disse-nos para morrer pela arte”


Mathilde | ver o trailler| onde assistir: em espera


Um drama russo inspirado no romance da bailarina Mathilde Kschessinska e Nicholas II. Em 2016 o trailer oficial que continha muitas cenas eróticas foi lançado porém representantes do movimento "King's Cross" encontraram uma "distorção de eventos históricos" e "provocação anti-religiosa" e após um pedido ao procurador geral do Estado da federação da Rússia o material foi auditado, depois de aprovado estréiou na Rússia, mas por aqui continuo procurando por ele! Mathilde Kschessinska foi uma bailarina russa de origem polonesa, ela é sempre lembrada como amante do futuro Tsar Nichola II da Rússia antes de seu casamento.

Em 1896 ela obteve o posto de Prima Ballerina dos Teatros Imperiais de São Petersburgo. Porém Marius Petipa não consentiu que recebesse tal título. Embora Petipa tivesse um grande respeito por ela como bailarina, ele a desprezava completamente como pessoa referindo-se a ela em seus diários como "...aquela pequena pessoa secundária e desagradável"!


The Company | ver o trailler| onde assistir: em espera


Baseado em várias histórias reunidas de bailarinos, coreógrafos e funcionários do Joffrey Ballet. A maior parte do filme se concentra na companhia como um todo, sem nenhuma estrela real ou enredo linear, enquanto uma pequena subtrama relata uma história de amor entre dois personagens.

Toda a narrativa expressa a dedicação e o trabalho duro que os bailarinos devem colocar em sua arte, embora raramente sejam recompensados com fama ou fortuna.



Le Roi danse | ver o trailler| onde assistir: DVD (está na wishlist do Google Play acredito que liberem em breve.


Indispensável para quem busca entender como era a dança que se transformou no que reconhecemos hoje como o ballet clássico.

Infelizmente não mostra detalhes da criação da Academia de Real de Dança, mas através da relação do personagem-título, Louis XIV, o rei do sol francês e o gênio musical Gianbattista Lulli ('Jean-Baptiste') Lully podemos ter uma noção da forma dos espetáculos, seus objetivos e o que eles representavam.


A anatomia de um bailarino | ver o trailler| onde: Philos

O brasileiro Marcelo Gomes ficou conhecido como o maior bailarino de sua geração. Este filme acompanha a rotina agitada de viagens e apresentações pelo mundo com o American Ballet Theatre. Ele conta sua trajetória desde a infância no Rio de Janeiro, o apoio e relação com a família e a superação do bullying até chegar ao topo do ballet internacional.

Esse é um dos documentários que indico para todos, me emociona sempre. Já soube que muitas bailarinas o elogiam como partner, mas depois desse documentário os motivos ficam ainda melhores.


Pavlova - A dancer for all time. | clip| onde: youtube (em russo, sem legenda)

O filme começa em São Petersburgo, com Anna ainda jovem observando bailarinos por uma janela, e decide que não quer ser apenas bailarina, mas sim uma das melhores.

A narrativa evolui mostrando sua relação com Marius Petipa, no Mariinsky Theatre. Depois com o coreográfo Mikhail Fokine e os ensaios de The Dying Swan.

Outros fatos importantes da sua carreira como a mudança para Londres, e seu grande sucesso e triunfo mundial; acompanhada sempre de Victor Dandré - seu gerente e marido.

Seu maior desejo de se apresentar novamente no Teatro Mariinsky em sua terra natal, o que não se realizou já que Anna morreu de pneumonia aos 49 anos de idade em 1931 durante sua turnê de despedida em Haia.


Márcia Haydée - uma vida pela dança| ver o trailler| onde: Canal Curta *consultar próximas exibições


A brasileira Márcia Haydée é uma das grandes diva do ballet mundial e inspira bailarinos há gerações em vários níveis. Usou de seu talento para sair da realidade suburbana e migrar para a Europa, na intenção de perseguir o seu sonho. Após arriscar uma carreira internacional sem ter certeza do que estaria por vir, ela foi descoberta por um importante coreógrafo e passou a ser uma das bailarinas mais disputadas do mundo. Depois de sua aposentadoria, Márcia decidiu que não conseguiria viver sem se apresentar, e voltou para os palcos aos 62 anos. Este documentário é uma celebração de sua vida e carreira.


Nijinsky, uma história real |ver o trailler| onde: DVD


Um filme cheio de detalhes para ver e rever várias vezes. Infelizmente ainda não sei se existe disponível online, mas se você é um balletomane assumido vale procurar o dvd por ai.

é baseado no livro livro escrito Romola Nijinsky. Considerado um dos mais controversos mitos do ballet mundial, Nijinsky, causou polêmica dentro e fora do mundo da dança ao formar um triângulo amoroso com sua mulher (autora do livro que inspirou o filme) e seu empresário.

Let’s Dance |ver o trailler| onde: Netflix


Primeiramente a trama de não tem nada de muito original. O filme conta a história de Joseph um dançarino de Hip Hop que chega a Paris para participar do mais importante torneio de sua categoria. Para se manter na cidade acaba virando professor de uma escola de dança clássica, onde conhece a bailarina Chloé que também está se preparando também para o mais importante teste de dança de sua vida. A história lembra bastante outros filmes como hip-hop e ballet, mas o que o faz um pouco superior é o foco realmente na dança e na superação do preconceito que existe entre os diferentes estilos. É a dança que faz com que o casal de protagonistas, Joseph e Chloé, se aproxime, é ela que faz com que eles se separem, e é ela que os une novamente.


Billy Elliot | ver o trailler| onde: Netflix

Um super clássico, Billy Elliot é um garoto de 11 anos que vive numa pequena cidade da Inglaterra, onde o principal meio de sustento são as minas da cidade. Obrigado pelo pai a treinar boxe, Billy conhece o ballet, ao qual tem contato vendo a movimentação das aulas que são realizadas na mesma academia onde ele pratica boxe. Incentivado pela professora, que vê em Billy um talento nato para a dança, ele resolve então pendurar as luvas de boxe e se dedicar de corpo e alma dança, mesmo tendo que enfrentar a contrariedade de seu irmão e seu pai em sua nova atividade.


Black Swan | ver o trailler| onde: Netflix


Um drama psicológico que tem como protagonista Nina (Natalie Portman) que tem sérios problemas pessoais, especialmente com sua mãe. Pressionada seu exigente diretor artístico, ela passa a enxergar uma concorrência desleal vindo de suas colegas, em especial para com a bailarina Lilly (Mila Kunis). Em meio a tudo isso, busca a perfeição nos ensaios para o maior desafio de sua carreira: interpretar a Odette/Odile em uma remontagem do clássico "O Lago dos Cisnes".



Restless Creature | ver o trailler| onde: Netflix


Entre todos os filmes de dança disponíveis na Netflix esse é o meu preferido, o documentário , que conta um pouco da história da bailarina Wendy Whelan, que dançou por 30 anos na New York City Ballet.

Whelan é uma das bailarinas mais admiradas dos últimos tempos, celebrada por seu comportamento não-diva , e claro por sua habilidade técnica e dramatica.

Quando ela chegou aos meados dos seus 40 anos, o New York City Ballet começou a aliviar sua participação em alguns papéis, e uma lesão séria do quadril exigiu cirurgia. É nesse contexto que as filmagens do documentário aconteceram.


Girl | ver o trailler| onde: Netflix

classificação indicativa 16 anos


Um drama belga disponível na Netflix, baseado em uma história real. Lara, a protagonista, é uma jovem bailarina que enfrenta várias barreiras físicas e emocionais enquanto aguarda a cirurgia de confirmação de gênero.

Sob a ótica do ballet não há muitas cenas de demonstração técnica, e artística. Acredito que os bailarinos facilmente vão perceber desconexões dos passos com a música e a repetição de sequências através de ângulos diferentes da mesma cena. Quanto a fotografia, iluminação, ritmo e trilha sonora facilmente nos transporta pa